Anabolizantes e efeitos na saúde masculina

Atualizado: Jun 4

Se você já frequentou academia, já deve ter ouvido conversas sobre os esteroides anabolizantes. Essas substâncias têm sido cada vez mais utilizadas, principalmente por homens, de maneira clandestina ou, em muitos casos, até prescritas por médicos. Mas, apesar de normalmente apontados como uma solução rápida para quem busca um corpo forte e sarado, o que poucos sabem é que uso de anabolizantes causa inúmeros prejuízos aos órgãos e à saúde masculina em geral, com danos que podem ser irreversíveis, incluindo risco de morte.


No consultório recebo, com frequência, homens que já usaram esses anabolizantes e os casos mais comuns foram buscando ganho de massa muscular e para fins estéticos. Porém, existem casos de pacientes que vão em consultas de rotina - em médicos que atuam na prática da endocrinologia sem serem endocrinologistas -, buscando bem-estar ou para fazer um check up e saem com essas prescrições de forma inadequada, mesmo quando têm até níveis de testosterona normais.

O que são esteroides anabolizantes e quais seus principais riscos para a saúde?

São derivados sintéticos de testoterona utilizados com o objetivo de aumentar a massa e força musculares. Porém, os efeitos colaterais são um preço caro a se pagar apenas pelo ganho estético. Nos homens, de maneira geral, eles podem causar acne, ginecomastia (aumento das mamas), redução do tamanho e do funcionamento dos testículos, impotência sexual, infertilidade (às vezes irreversível), aumento da próstata e calvície.


No coração, as complicações são aumento da pressão, aumento do colesterol ruim (LDL) e diminuição do colesterol bom (HDL), risco aumentado de tromboses, embolias e infarto cardíaco, arritmias e morte súbita. Nos ossos, tendões e músculos, pode ocorrer fechamento precoce das cartilagens de crescimento (provocando baixa estatura quando utilizado por adolescentes), espasmos, câimbras, infecções, contraturas, lesões de tendões e músculos e hérnia de disco. No fígado, o uso indiscriminado pode causar hepatite medicamentosa com icterícia, insuficiência (às vezes fulminante) e câncer.


Complicações mentais e psicólogicas

Além de todas as patologias físicas que podem surgir como efeitos colaterais em homens e mulheres, o uso dessas substâncias cria problemas mentais e psicológicos como dependência, irritabilidade, ansiedade, agressividade, agitação, alteração da memória, comportamento sexual de risco, risco de suicídio, instinto assassino, síndrome de abstinência na suspensão da droga e alteração da percepção da imagem corporal. Em caso de pacientes depressivos, o uso pode agravar o quadro.


Quando é realmente indicada a reposição de testosterona?

A reposição só é indicada pelo médico se houverem a presença de sinais e sintomas para dar início ao diagnóstico, que exige também a realização de exames laboratoriais, com pelo menos duas dosagens. Em algumas situações, é preciso avaliar também a testosterona livre.

O que é o hipogonadismo?

O uso de anabolizantes pode levar ao hipogonadismo, que é uma doença na qual as gônadas (testículos masculinos e ovários femininos) não produzem quantidade suficiente dos hormônios sexuais e a causa pode ser orgânica ou funcional.


As alterações orgânicas podem ser genéticas, alterações testiculares, quimio e radioterapia na região dos testículos ou traumática. Também podem haver alterações na hipófise, glândula endócrina que envia sinais para a produção dos hormônios LH e FSH, que estimulam o testículo a produzir testosterona. A alteração funcional é quando o paciente não teve afetação no testículo ou na hipófise, mas tem alguma outra condição externa ou uma doença que interfere no funcionamento desse eixo: hipotálamo, hipófise e gônada. A obesidade extrema também pode bloquear o eixo de produção da testosterona.


Atendo muitos pacientes jovens com hipogonadismo induzido por uso de anabolizantes que agora estão realizando tratamento para recuperação do funcionamento do eixo, que pode ser reversível ou não. É importante salientar que o tratamento correto deve ser feito sempre com acompanhamento do médico endocrinologista.


#drafernandabraga #saudehormonal #saudemasculina #anabolizantes #bombatofora

21 visualizações

Siga nas redes sociais :

  • Instagram Dra Fernanda Braga

© 2018 Drª Fernanda Braga. Criado por Plena Estratégias Criativas